empreender em casal é foda!

Leia Mais

https://www.youtube.com/watch?v=S5WgumkAFCA

é foda porque é incrível e é foda porque, sim, é difícil.

a história está aí para ser contada da quantidade de empresas que acabaram ou mudaram porque os sócios brigaram. Adicione nesse caldeirão as DR's que casais tem todas as semanas (quiçá, dias) e você tem um caldo fervente pronto para entornar.

apesar das tendências, kalina e eu aprendemos que isso é contornável, se focarmos numa comunicação assertiva. Entendemos que podemos cozinhar este banquete se respeitarmos o espaço um do outro, se utilizarmos nosso conhecimento sobre o parceiro de forma construtiva e não degenerativa. Ou melhor: respeitar, relevar e ajudar com os defeitos, potencializar as qualidades e não pisar no dedão do pé enquanto o outro está focado no trabalho.

quando você conhece a pessoa que está ao seu lado tão bem, é importante saber separar os momentos. Reunião de trabalho não é hora de apontar o dedo com algum gatilho emocional que você conhece do seu parceir@. E a mesma lógica se aplica ao oposto. É preciso reservar tempo na agenda (usamos o google calendar de forma compartilhada, para isso), para termos momentos focados na nossa semana, em nós, e nada mais.

o papo entre a gente acaba invariavelmente passando por questões de trabalho e clientes, que estão tão intrincados na nossa vida como um todo, mas isso não importa. Importa que o momento é do casal de namorados, e não dos sócios da empresa. Este é o espaço pro romance acontecer de forma natural.

e claro, tem os lados que são incríveis também. Kalina e eu nós conhecemos tão bem que isso gera uma conexão rápida e efetiva entre a gente. Às vezes não precisamos nem falar para saber o que o outro está pensando e conseguimos tomar decisões assertivas em situações delicadas ou em oportunidades passageiras. Nós entendemos as potencialidades e o ritmo um do outro, e conseguimos usar isso para entregar resultados rápidos e efetivos para nossos clientes.

de qualquer forma, nós entendemos que é preciso ser realista em aceitar certos fatos também. Se você está tentando empreender em casal e não pára de entrar em conflito todos os dias. Bem, talvez seja melhor vocês focarem só em uma das parcerias.

em qual? Isso depende de qual das relações gera mais frutos para vocês.
mas isso é assunto para outro post. Vamos manter os limites aqui, pessoal! ;)

WeJam - encontre a sua arte

Leia Mais

"a WeJam é uma plataforma multilateral concebida para gerar oportunidades, experiências e negócios através da arte, facilitando a aproximação, contratação e colaboração entre artistas, contratantes e apreciadores do mercado criativo."

DESAFIO
a Natasha, idealizadora da startup, se aproximou da gente com uma experiência validada e um sonho de vida tão grande que ela não poderia realizar sozinha. Ela precisava de cabeças pensantes e mãos ativas para fazer o projeto sair do papel, ganhar as massas e se tornar financeiramente viável. E para isso, o desafio era grande: transformar uma ideia em uma plataforma digital, uma visão de futuro em uma marca sólida e dinâmica, e um grupo de jovens sonhadores em um negócio potencialmente exponencial.

RESULTADOS
havia tanta sinergia entre nós e este projeto que decidimos entrar como sócios. Discutimos juntos a visão a longo prazo e o escopo de atuação inicial. Definimos o conceito, desenvolvemos a marca e traçamos um plano estratégico de execução. A equipe trabalhou numa mesma toada para dar corpo ao projeto. Utilizando as mais avançadas ferramentas de criação, comunicação, organização e desenvolvimento de softwares nós lançamos a WeJam ao mercado no meio do ano de 2017, para encontrarmos grande sucesso na captação inicial de artistas e contratantes. O trabalho continua de vento em popa, enquanto mantemos nosso papel de cuidar do produto, tecnologia e comunicação, para garantir o crescimento e expansão da startup.

O QUE ENTREGAMOS
DECODIFICAÇÃO: microesfera de valores, macroesfera de influência
RENDIMENTO: definição e treinamento em ferramentas digitais
POSICIONAMENTO: proposição de valores, tagline
IDENTIDADE: desenvolvimento do logo e símbolo, brandbook
COMUNICAÇÃO: guia e execução para as redes sociais, peças gráficas
DESENVOLVIMENTO: website e plataforma web

PARA CONHECER A WEJAM MAIS DE PERTO:
@w.e.j.a.m
wejam.com.br

OSMOSE coworking: crie seu contexto

Leia Mais

"crie seu contexto, com foco, liberdade e suporte, no melhor coworking para empreendedores."

a OSMOSE oferece serviços de coworking em pontos estratégicos da cidade de São Paulo. Kalina e eu frequentamos os espaços há anos, e fomos contratados pelo Diogo, o receptivo dono da rede, para fortalecer a imagem da marca no mercado.

DESAFIO
Desde o início a OSMOSE é reconhecida pelos seus frequentadores pela força da sua comunidade e sentimento de pertencimento. Contudo, a rede compete com uma crescente lista de coworkings espalhados pela cidade, e precisava transparecer melhor o seu foco e suas forças para o seu público alvo.

RESULTADOS
realizamos um processo intenso de imersão nos valores da OSMOSE, para darmos início a um processo produtivo de reposicionamento estratégico e nova identidade. Em seguida, nos encarregamos de alinhar a comunicação da OSMOSE coworking para atrair cada vez mais clientes que se alinham ao propósito da rede. Para isso, montamos um site minimalista mas com uma narrativa articulada e totalmente coerente com o público desejado.

O QUE ENTREGAMOS
DECODIFICAÇÃO: microesfera de valores, macroesfera de influência
POSICIONAMENTO: proposição de valores, tagline
IDENTIDADE: releitura do logo e símbolo, brandbook
COMUNICAÇÃO: direcionamento para as redes sociais, manual de boas-vindas, sinalização dos espaços, website.

PARA CONHECER A OSMOSE MAIS DE PERTO:
@osmose_coworking
osmosecoworking.com.br

6 passos para definir seus objetivos

Leia Mais

https://www.youtube.com/watch?v=yV2ZS5oU2vA

eu sempre quis fazer parte do exército. Quando garoto, era atraído pelos treinamentos, pelos equipamentos e pelas supostas aventuras. Até que um dia entendi que, para eu alcançar tudo isso também teria que passar por todas as burocracias, as provas, a hierarquia opressora, as precariedades do sistema e outras incompatibilidades deste estilo de vida com os meus valores pessoais.

eventualmente eu percebi que havia buracos naquele objetivo. É claro que alguns pontos eram relevantes para mim, mas muito daquilo também era uma fantasia que em algum momento e de alguma forma havia sido instalada nas minhas crenças. No fim das contas o desenrolar dos fatos foi revelando que aquela era uma carreira que não valia a pena para mim.

experiências como esta, muitos estudos e outros testes me mostraram que estabelecer objetivos é praticamente uma ciência. Ter sonhos, sem fundamentos, é como acreditar que contos de fadas maravilhosos, de princesas com príncipes à cavalo, são possíveis ou mesmo desejáveis. A partir do momento que questões como hábitos e comportamentos entram na equação, e se fazem necessários para alcançar e viver estes sonhos, alguns objetivos perdem força por falta de aptidão, e deixam de ser caminhos tão interessantes para percorrer na nossa vida.

eu falei em ciência, então note como eu vou estruturar o próximo pensamento:

participar do exército, para mim, era um objetivo específico e de certa forma relevante. Eu tinha todas as possibilidades para alcançar este objetivo. Era possível determinar prazos e comportamentos necessários para chegar lá. E era possível também medir os fatos que aconteceriam quando eu chegasse neste objetivo - eu podia até me ver lá, triunfante. Contudo, a visão se dissipava ao esbarrar num aspecto importante e muitas vezes ignorado pelas pessoas ao estabelecerem novos objetivos: aquela não era uma meta sustentável pois não estava alinhada aos meus valores e propósitos. As vantagens de estar no lugar desejado eram inferiores as desvantagens que aquilo traria para o meu cotidiano, e aquele cenário não supriria as minhas necessidades essenciais de longo prazo.

notou o padrão analítico das afirmações?

esta série de insights aconteceu muito naturalmente e só consegui entender a conexão destes elementos recentemente. A minha decepção adolescente de ver aquele sonho se dissipando abriu outras portas e me permitiu ver que existem pontos essencias para estabelecermos objetivos congruentes com a nossa essência. Por isso, desde que me tornei um empreendedor, venho desenvolvendo e aplicando esta análise conceitual para todos os objetivos que desejo alcançar na minha vida.

marcos korody

Leia Mais

o marcos gosta de instigar: está constantemente desafiando o potencial próprio, de cada um, e de cada projeto.

ele é designer por formação, vive um cotidiano imerso nas premissas do design thinking: métodos, conhecimento e empatia trabalhando em prol de inovações.

e na programação, encontrou uma maneira de pensar localmente agindo globalmente.

para desconectar, ele explora sua forte conexão com a natureza através de esportes ao ar livre, na terra ou no mar.

acredita que a disciplina é o único caminho para criar com excelência e constância.

veja mais no instagram dele, se quiser 😉